DOAR AGORA

Notícias

Notícias

CAPA e Prefeitura Municipal estimulam produção de alimentos saudáveis em Mangueirinha
1 de dezembro de 2022 Diangela Menegazzi

A produção de alimentos saudáveis motivou a implantação de 20 Quintais Agroecológicos no município de Mangueirinha (PR). O trabalho é realizado pela parceria entre a Fundação Luterana de Diaconia – Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (FLD-CAPA) e a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. 

O projeto para instalação dos quintais começou neste ano. Inicialmente, foram mapeadas as famílias interessadas, depois, realizadas orientações técnicas e a entrega de mil mudas de árvores frutíferas, kits de poda e adubação orgânica. Além dos insumos, FLD-CAPA fornece assessoria técnica às famílias agricultoras para produção orgânica e agroecológica.

Quintais Agroecológicos

Os Quintais Agroecológicos são espaços que reúnem diferentes espécies vegetais de forma consorciada, sem uso de agrotóxicos e adubos químicos. Podem conter hortaliças, frutas, flores, plantas medicinais e até a criação de pequenos animais. A prática se baseia nos conhecimentos transmitidos por povos e comunidades tradicionais, e agricultoras e agricultores.  

A iniciativa está sendo realizada com famílias das comunidades dos Assentamentos São João Maria, Vitória e Anjo da Guarda, do Reassentamento Itá I, da comunidade Bela Vista e das comunidades indígenas Kaingang Paiol Queimado e Sede, na Terra Indígena Mangueirinha.

Alimentos diversos e saudáveis

Segundo o Secretário de Agricultura Wagner Pedro Machado, a prefeitura quer estimular a diversificação da produção de alimentos, a produção orgânica e a geração de renda entre as famílias agricultoras. E, assim, evitar que as pessoas jovens saiam do campo por falta de oportunidades. “A parceria está dando muito certo”, ressaltou. 

Bruna Resende Laschinski, do Assentamento Vitória, é uma das agricultoras que participam do projeto. Segundo ela, a possibilidade de diversificar e melhorar a sua unidade produtiva a fez entrar no projeto. Bruna também pensa na qualidade de vida. “Quero implantar uma agricultura orgânica, tudo hoje em dia usa agrotóxicos e isso faz mal à saúde”. E no futuro dos filhos. “Penso em deixar algo de bom para eles”, afirmou.

Apoio e assessoria técnica 

Além da implantação dos quintais agroecológicos, a parceria entre FLD-CAPA e Prefeitura de Mangueirinha prevê assessoria a 25 famílias agricultoras do município, com ações de apoio à produção de frutas e hortaliças, leite, mel, avicultura colonial, agroindustrialização, certificação orgânica, entre outros. 

“Essas ações buscam o fortalecimento da agricultura familiar agroecológica, a melhoria da segurança alimentar das famílias, através da produção de alimentos saudáveis, geração de renda e qualidade de vida”, destaca a coordenadora de FLD-CAPA, Talita Kutz.

Texto: Diangela Menegazzi
Fotos: Arquivo CAPA