DOAR AGORA

Notícias

Notícias

Apesar das dificuldades, famílias agricultoras agroecologistas fortalecem ponto de comercialização
18 de maio de 2021 Diangela Menegazzi

Ponto de feira, inaugurado no final do ano passado estreita relação com consumidores e garante renda durante a pandemia

Inaugurada noúltimo mês de novembro, a Feira do Grupo Ecológico Serra dos Tapes, que acontece semanalmente em Pelotas tem oferecido à população produtos orgânicos, livres de agrotóxicos, adubos sintéticos e pesticidas.

As famílias têm levado para a feira uma grande diversidade de produtos, característica marcante da agricultura familiar. O grupo é composto por famílias agricultoras dos municípios de Pelotas e também de Arroio do Padre e é fruto de um trabalho desenvolvido pela FLD/CAPA Pelotas (Fundação Luterana de Diaconia/Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia), que através de chamada Pública de ATER para a Diversificação em Áreas Cultivadas com Tabaco, permite que as famílias produtoras, que estão em processo de transição agroecológica e diversificando a produção encontrem um canal direto de comercialização dos seus produtos.

Segundo o Engenheiro Agrônomo da FLD/CAPA, Márcio Morales, que atende as famílias no processo produtivo, ver a feira cada vez mais sólida, criando vínculos com as famílias consumidoras é uma grande conquista. “Essas famílias aceitaram o desafio de mudar um modelo de produção convencional para um sistema de produção agroecológico, sem o uso de nenhum tipo de insumo químico, agrotóxico, respeitando o meio ambiente e essa decisão não é fácil. Depois de seis meses de existência da feira, os produtores começam a colher os frutos da relação que se estabelece com os consumidores, uma relação diferente entre a produção ecológica com as famílias da cidade e esse é o desafio com o qual o CAPA trabalha e se propõe”, comemora Morales.

A agricultora e coordenadora do grupo Serra dos Tapes, Verenice Beiersdorf Weber também comemora os resultados alcançados ao longo dos últimos meses. “A feira para nós do Grupo permite um contato direto com os consumidores, onde podemos vender produtos fresquinhos, explicar como funciona todo o processo produtivo, criar uma relação de confiança e nos dá a oportunidade de fazer chegar na mesa das pessoas os alimentos que produzimos com tanta dedicação”, conta Verenice.

A feira, que acontece todas as quartas-feira, leva aos pelotenses e moradores da cidade, uma grande variedade de verduras, frutas, legumes, sucos, panificados, temperos, chás, entre outros produtos da agricultura familiar e oportuniza que mais famílias possam permanecer na zona rural e continuar fazendo o que mais gostam que é produzir alimentos.

Para Marceli Venzke, jovem agricultora que também integra o grupo Serra dos Tapes, a feira se tornou uma importante fonte de renda e garantia da continuidade da produção familiar. “A feira para a nossa família é de grande importância como alternativa de renda e também por permitir que possamos produzir alimentos sem o uso de agrotóxicos, cuidando do meio ambiente, da nossa saúde e também da dos consumidores”, explica.

Chamada Pública de Ater

Atualmente, o CAPA Pelotas está executando a 3ª Chamada Pública com enfoque na diversificação produtiva em áreas cultivadas com tabaco. A primeira ocorreu em 2012. Nesta chamada Pública, são atendidas 960 famílias, evolvendo os municípios de Amaral Ferrador, Arroio do Padre, Canguçu, Pelotas, São Lourenço do Sul e Turuçu.

 Esse processo faz parte do tratado internacional de saúde pública, intitulado como Convenção Quadro para o Controle do tabaco – CQCT, ratificado pelo Governo Federal em 2005 e com o compromisso de garantir apoio aos agricultores familiares, através do Programa Nacional de Apoio à Diversificação Produtiva nas Áreas Cultivadas com Tabaco.

Torna-se imprescindível que famílias que ainda tem a sua maior renda do tabaco possam ser apoiadas para construir alternativas economicamente viáveis ao seu cultivo e que permitam a diversificação da renda, acesso a outros mercados, como feiras, PNAE e PAA e por consequência, menor dependência desses agricultores a uma única cultura agrícola.

Na região, busca-se que famílias possam ter acesso a informações sobre outras culturas produtivas, através de visitas de intercâmbios, cursos e reuniões técnicas, dias de campo e outras atividades de formação e possam optar por ampliar a diversificação produtiva e buscar através de cooperativas parceiras ou mesmo a venda direta de sua produção alternativas de diversificação produtiva de base agroecológica.

Serviço:
Feira Grupo Serra dos Tapes
Dia: Todas as quartas-feira
Horário: Das 7h às 13h
Local: Avenida República do Líbano, esquina rua Júlia Lopes de Almeida (em frente ao antigo supermercado Pois Pois) | Pelotas/RS

adana eskort - eskort - eskort mersin - mersin eskort - eskort adana