DOAR AGORA

Apoiado pelo Programa de Pequenos Projetos e CAPA Erexim, projeto da Associação Reciclando pela Vida recebe Certificado Ambiental

Notícias

Apoiado pelo Programa de Pequenos Projetos e CAPA Erexim, projeto da Associação Reciclando pela Vida recebe Certificado Ambiental
30 de setembro de 2023 fld
POR COMUNICAÇÃO FLD E EQUIPE FLD-CAPA EREXIM

Durante a Semana Municipal do Meio Ambiente de Erexim (RS), o projeto “Horta Agroecológica Comunitária: Vida Digna da Mulher e Soberania Alimentar”, da Associação Reciclando pela Vida, recebeu o Certificado Ambiental Dr. Sérgio Benito Maccagnini. O projeto foi apoiado pelo Programa de Pequenos Projetos da Fundação Luterana de Diaconia (FLD), em 2022, através de edital, e contou com a assessoria do programa Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA) núcleo Erexim.

A sessão especial de entrega do certificado ocorreu nesta segunda-feira, dia 25, marcando o último dia de atividades do evento. Josiale de Oliveira, uma das fundadoras da Reciclando pela Vida, recebeu o certificado representando a associação no evento, que também contou com a presença da equipe da FLD-CAPA Erexim.

Através do projeto, foi construída uma horta comunitária no pátio do pavilhão da associação, gerando uma nova perspectiva na realidade das associadas e dos associados e da comunidade próxima. A horta resgatou os saberes ancestrais do grupo, promovendo o acesso a uma alimentação nutritiva, diversificada e saudável, sem uso de agrotóxicos e adubos químicos, o que contribui diretamente à preservação do meio ambiente e à melhoria da qualidade de vida.

O trabalho com o cultivo da horta também levantou muitas discussões e demandas, como, por exemplo, os desafios na produção agroecológica, o uso das PANC´S – Plantas Alimentícias Não Convencionais no cotidiano das famílias e o compartilhamento de saberes e experiências que correm gerações. Além da possibilidade de novas cultivares acessíveis e de baixo valor serem conhecidas e incorporadas ao cardápio das famílias, contribuindo com sua segurança alimentar.

O projeto “Horta Agroecológica Comunitária: Vida Digna da Mulher e Soberania Alimentar” teve como público principal as mulheres catadoras recicladoras de Erexim e, além do objetivo de instituir a horta comunitária, também construir conhecimentos através de formações em gênero e empoderamento feminino na comunidade.

Horta comunitária promove o acesso à alimentação saudável e diversificada, melhorando a qualidade de vida das pessoas associadas e comunidade. Foto: Equipe FLD-CAPA Erexim

Sobre a Associação Reciclando Pela Vida

A Associação Reciclando Pela Vida foi idealizada por um grupo de trabalhadoras e trabalhadores, em meados de 2003, que coletava material reciclável nas ruas de Erexim, com ajuda de carrinhos puxados manualmente.

Com a vontade e necessidade de ter um emprego formal e buscando dar condições dignas de sobrevivência para suas famílias, um grupo de aproximadamente 40 pessoas começou a realizar encontros quinzenais para discutir a possibilidade de formação de uma associação.

Em 2005, após muitas lutas, a Associação de Recicladores Reciclando Pela Vida foi fundada, tendo sua sede instalada em um terreno cedido pela Prefeitura Municipal de Erexim, onde, com muita alegria, as trabalhadoras e os trabalhadores puderam dar início às atividades da tão sonhada reciclagem. Atualmente, a reciclagem conta com 16 associadas e associados, em sua maioria mulheres, totalizando 10 famílias inclusas no processo.

A renda dessas famílias vem exclusivamente do trabalho de separação de material reciclável, transportado até o pavilhão pelo caminhão da coleta seletiva do município e comercializado pela associação. No entanto, muitas vezes, a renda obtida com a venda desse material não satisfaz todas as necessidades básicas, pela variação de valor, colocando as pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social.

Além do trabalho com o material reciclável, a associação possui uma organização social com olhar para outras demandas dentro da sua realidade: são realizadas discussões sobre empoderamento e autonomia feminina, violência contra a mulher, participação em projetos lançados por entidades, reivindicações por melhores condições de trabalho e renda e muita construção coletiva, visando o crescimento da associação.

eskort mersin - eskort adana - instagram takipçi satın al - instagram free followers