Ervas aromáticas e chás oferecem sabor, aroma e propriedades medicinais

Notícias

Ervas aromáticas e chás oferecem sabor, aroma e propriedades medicinais

As ervas aromáticas e chás escondem incríveis segredos, capazes de oferecer sabor, aroma e propriedades medicinais, interferindo na saúde física e emocional. Para qualificar o conhecimento que muitas agricultoras já possuem, o CAPA/Núcleo Verê/PR realizou em primeiro de fevereiro uma oficina de plantas medicinais.

Vinte mulheres e jovens agricultoras, residentes nos municípios de Verê, Renascença e Marmeleiro (PR), reuniram-se para partilhar saberes. A agricultora agroecológica Maria Natividade de Lima coordenou a atividade.

Dica de saúde

“As relações entre o ser humano e a natureza deve ser sempre de respeito, cuidado e gratidão, pois as plantas possibilitam uma ligação direta com o corpo humano, no auxílio e proteção da imunidade, desintoxicação e rejuvenescimento“ enfatiza Maria.

Um exemplo de planta aromática utilizada na receita de bolinho de batata doce recheado com queijo (abaixo) é o orégano. De fácil cultivo e comum nas hortas domésticas, ele previne o mau hálito e o estresse, combate a acne e a perda de cabelos, elimina bactérias e parasitas, é anti-inflamatório, alivia a bronquite e coceira.

Na roda de conversa, foi resgatada a importância das plantas medicinais, aromáticas e condimentares e apresentado de forma mais técnica as características e propriedades de cada uma, as dicas básicas de cultivo, solo, clima, colheita e armazenamento das espécies. “Cada participante trouxe a sua contribuição que enriqueceu o momento coletivo”, comenta a assessora técnica do CAPA/ NúcleoVerê/ PR, Larissa Simão.

A parte prática da atividade ensinou preparar chás e xaropes, produzir pomadas, extratos de própolis e de plantas da região, como a camomila e o cipreste. “Pomadas, xaropes e extratos naturais podem ser um meio de autonomia para as mulheres, bem como uma possível renda extra para as famílias, evitando a dependência dos medicamentos industrializados”, afirma Maria. Para ela, as plantas medicinais são uma alternativa segura para ter maior qualidade de vida.

As agricultoras partilharam mudas de plantas medicinais, ervas aromáticas e flores que trouxeram para o encontro. No final, cada participante levou consigo amostras de pomadas e extratos de própolis.

Receita de Bolinho de batata doce recheado com queijo

  • 2 batatas doce médias orgânicas
  • 1/2 xícara de farinha de milho ou de trigo orgânica
  • 1/2 xícara de farinha de arroz orgânica
  • 1 colher (sobremesa) de orégano
  • 1 colher (café) de açafrão
  • 2 ovos
  • sal a gosto
  • salsa ou cebolinha orgânica a gosto
  • farinha de mandioca para empanar
  • queijo colonial para rechear

Cozinhe as batatas até ficarem bem moles e esmague-as. Acrescente os demais ingredientes, menos o queijo, até virar uma massa homogênea. Forme bolinhas, recheie com o queijo e passe na farinha de mandioca ou de milho. Asse no forno.