DOAR AGORA

Notícias

Notícias

Saúde Comunitária: 15 anos de atuação no Vale do Taquari
11 de agosto de 2018 zweiarts
In Todas as Notícias

Teutônia/RS – No dia 9 de agosto, o Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA), em parceria com o Sínodo Vale do Taquari, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, promoveu o encontro anual dos grupos de saúde comunitária, em Teutônia. Estiveram presentes representantes dos 16 grupos que integram o Projeto Saúde Comunitária, abrangendo os municípios de Cruzeiro do Sul, Westfália, Paverama e Teutônia, além de autoridades municipais locais e de Westfália e do pastor sinodal do Sínodo Vale do Taquari, Gilciney Tetzner, que realizou a celebração de abertura.

O encontro teve uma palestra e uma oficina com o tema Plantas alimentícias não convencionais (PANCs): identificação, nutrição e gastronomia. A temática foi trabalhada pela engenheira agrônoma Fernanda Ludwig, Dra. em Horticultura, e a gastrônoma Ana Claudia Guske, Ma. em Desenvolvimento Regional, ambas professoras da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – UERGS, unidade Santa Cruz do Sul.

A palestra orientou sobre a identificação, conhecimento e manipulação das PANCs. A abordagem feita buscou despertar o público, informar a possibilidade de consumir e romper paradigmas de que PANC é “inço, erva daninha”. De acordo com a coordenadora do CAPA/Santa Cruz, Melissa Lenz, o encontro “trouxe essa temática cada vez mais necessária na vida das pessoas, pois são plantas simples, fáceis de encontrar, muito saudáveis”.

Foram realizadas ainda oficinas com demonstração do preparo de alguns pratos com ingredientes de PANCs, como geleia de trevinho, suco PANC verde, salada de flores e folhas, entre outros.

Além disso, atendendo uma demanda dos grupos de saúde comunitária, houve o lançamento da Feira da Ecovale que ocorrerá na segunda quinta-feira de todo mês em Teutônia, na Casa Sinodal, com exposição e comercialização de produtos da agricultura familiar, orgânicos e integrais. Dessas forma, se está fortalecendo as atividades de promoção e educação em saúde, segurança, soberania alimentar e nutricional no Vale do Taquari.

“Esse ano de 2018 é de muita celebração para o CAPA, pela comemoração de 40 anos de atuação em prol da agroecologia e também dos 15 anos do projeto Saúde Comunitária”, afirmou a coordenadora do CAPA. “É gratificante escutar das mulheres as mudanças que ocorreram na alimentação, na saúde e autoestima, nas suas vidas como um todo”.

Ao final do encontro, houve a partilha do lanche comunitário trazido pelos grupos, com receitas que aprenderam no projeto, e também a degustação das receitas elaboradas na oficina de PANCs.

Texto: Tayna Morsch, bolsista da UNISC 

Foto: Arquivo CAPA