DOAR AGORA

Notícias

Notícias

Diversificação a aprendizado
14 de dezembro de 2016 zweiarts
In Todas as Notícias

Pelotas – RS – Cerca de 120 pessoas compareceram ao Evento Final de Avaliação do Projeto de Diversificação em áreas com cultivo do tabaco. O evento foi na Colônia Maciel em Pelotas na Comunidade Santana e aconteceu no dia 13 de dezembro.

Ao todo 1200 famílias de agricultores fumicultores foram contempladas pelo projeto, onde tiveram dias de campo, cursos e visitas técnicas para aprender outros cultivos e diversificar suas produções. O evento final serviu para fazer uma retrospectiva e avaliar o projeto que se iniciou em 2011.

Além dos agricultores, estiveram presentes técnicos, representantes do CAPA e de Cooperativas parceiras como Sul Ecológica, União, Coopar e Cafsul.

Também se fez presente a Fiscal da Secretaria Especial da Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário Keliane Freitas que esteve entrevistando agricultores e técnicos participantes do projeto para avaliar se houve melhorias no período em que o projeto esteve em curso.

Pastor Jorge Signorine e Padre Capone ainda deixaram uma bonita mensagem de Natal para os presentes.

Na abertura do evento Ernesto Martinez do CAPA relembrou de como se formou a REDE de ATER para concorrer ao edital: ‘’Se definiu que assistência técnica seria feita pelas cooperativas parceiras do CAPA. A intenção era chegar nesse público que nem sempre consegue receber a assistência. ’’

Em seguida os agricultores foram divididos em três grupos, onde ali avaliaram o que teve de positivo no projeto e o que gostaria que continuasse sendo feito.

Entre os pontos positivos destacados pelos grupos os que mais se destacaram foram:

– Ter uma horta em casa e poder se alimentar dela. (Muitos fumicultores não tinham mais horta em casa)

– A utilização do calendário agrícola.

– Alternativa de renda, possibilidade de comercialização

– Resgate de semente crioula

– Aprender técnicas novas e cultivos novos.

– Cursos de panificados e de processamento de alimentos.

– Empoderamento feminino (as mulheres foram maioria na maioria dos cursos e reuniões)

Texto e foto: Elias Wojahn