CENTRO DE APOIO E PROMOÇÃO DA AGROECOLOGIA

Notícias

Ministro Patrus Ananias visita Território Zona Sul

5-02-2016

Pelotas (RS) - Como uma estratégia de melhor conhecer os territórios espalhados pelo Brasil, principalmente os de sucesso, que podem servir de modelo a outros, o ministro do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Patrus Ananias, e sua equipe visitaram o Território Zona Sul do Rio Grande do Sul dos dias 1º a 4 de fevereiro.

Em Pelotas, Patrus Ananias participou do tradicional Fórum da Agricultura Familiar no Centro de Capacitação da Agricultura Familiar (CECAF), que acontece uma vez ao mês e reúne diversas entidades e representantes envolvidos na agricultura familiar.

Em caráter especial, representantes de agricultores da fruticultura, dos quilombolas, pescadores, da juventude e da setorial da mulher apresentaram conquistas e avanços e ainda expuseram suas demandas ao ministro.

O secretário de Desenvolvimento Territorial (SDT/MDA), Humberto de Oliveira, presente no evento, destacou a importância da reunião mensal para o território: ‘’O Fórum é anterior a criação do Território, isso demostra uma grande capacidade de organização e de união, o que torna esse território especial. ’’

Representantes de cooperativas e da Embrapa, além da deputada Miriam Marroni e do vereador Beto Z3, que têm como agenda permanente a agricultura familiar, compuseram a mesa. 

A coordenadora do Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA), Rita Surita, que conduziu o fórum, destacou que o Ministro esteve em Pelotas em 2004 pelo projeto Fome Zero, lembrando que este projeto que evolui para o PAA ajudou o país a sair do mapa da fome e que a região está vivendo um outro momento comparado a outra visita.

Na sua fala, Patrus Ananias destacou que o território Zona Sul é um verdadeiro berço da agricultura familiar, além de multidiverso, e destacou a importância dos territórios: ‘’educação pressupõe alimentação, pressupõe saúde, moradia e a produção de alimentos saudáveis, por isso a política dos territórios é importante, como um encontro de todas essas ações que promovem a vida".

Texto e fotos: Elias Wojahn