CENTRO DE APOIO E PROMOÇÃO DA AGROECOLOGIA

Notícias

​Semana do Meio Ambiente: projeto do CAPA recebe premiação

1-06-2016

Erexim/RS - A Câmara de Vereadores entregou, no dia 30 de maio, o Prêmio Sérgio Macagnini, contemplando os projetos Caleli, do Sindicato Trabalhadores Agricultura Familiar (Sutraf), e Plantando e colhendo saúde, do Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA). O objetivo da premiação, que integra a programação da Semana do Meio Ambiente no município, é reconhecer o mérito de atividades e projetos de organizações governamentais e não governamentais, empresas, sociedade civil, entre outros, que se destacam por buscar a melhoria da qualidade ambiental do município.

Reconhecimento

A premiação, criada há 10 anos, homenageia o médico Sérgio Macagnini, fundador da Agapan e um grande defensor das causas relacionadas ao meio ambiente. "Como visionista, há 40 anos, ele enxergava o futuro; e que nesse futuro a preservação do meio ambiente não poderia ficar em segundo plano. Precisamos de muitos Sérgio Maccgnini, de muitos projetos como Calelli e Plantando e colhendo saúde, destacou a vereadora Vânia Miola, que conduziu a sessão. 

Sobre os projetos premiados, ela reforçou. "São ações que estão próximas das comunidades, de seus problemas, contribuem para melhorar a qualidade de vida, cuidando da água, da preservação da natureza e da produção de alimentos, sem agredir a natureza".

Caleli

O Caleli é executado por meio de parceria do Sutraf com a prefeitura. O projeto, atuante há dois anos, foi subsidiado pelo Fundo Municipal de Gestão Compartilhada em parceria com a Corsan e contempla a preservação desde a nascente do rio até as propriedades e atua na conscientização das pessoas, na viabilização de alternativas de renda, bem como no esclarecimento da legislação ambiental. Uma das marcas da ação é o envolvimento de toda a comunidade na execução das ações.

Plantando e colhendo saúde

O projeto aponta para um novo grupo de agroecologia, integrado por cinco famílias e assessorado pelo CAPA. As famílias buscam a certificação orgânica através do sistema participativo da rede Ecovida de agroecologia, produzindo uma diversidade de produtos com foco na comercialização. Produzem hortaliças agroecológicas, plantas medicinais, frutas e grãos transformados em farinhas orgânicas. Os produtos abastecem feiras em Erexim, compartilhando com os consumidores produtos livres de venenos e transgênicos.

Seleção

A avaliação de mérito das candidaturas foi realizada por uma comissão composta por profissionais da área ambiental, por um representante da secretaria de Meio Ambiente e um representante da Câmara de Vereadores.

Fonte: Jornal Bom dia 
jornalismo@jornalbomdia.com.br 
Foto: Antonio Grzybowski