CENTRO DE APOIO E PROMOÇÃO DA AGROECOLOGIA

Notícias

Juventude Rural da Zona Sul é representada em Conferência Nacional

22-12-2015

Brasília (DF) - Aconteceu dos 16 a 19 de dezembro, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), a 3ª Conferência Nacional da Juventude, com participação de mais de 3 mil pessoas, sendo 60% representação de mulheres. A juventude rural teve 10% do público total. O agrônomo do CAPA, Germano Pollnow, a jovem agricultora, Iasmin Rutz, cuja família é atendida pelo CAPA,  e Daiane Sperling, da Sintraf Sul representaram a juventude rural da Zona Sul do Rio Grande do Sul.

No evento foram discutidos 11 eixos: educação, trabalho, diversidade, saúde, cultura, comunicação, esporte, território, meio-ambiente e segurança. A juventude rural deu ênfase para os eixos educação, meio-ambiente  e território. Dos 11 eixos citados, cada um teve nove propostas aprovadas, que integrarão o Plano Nacional da Juventude. Destas,  25 são referentes a jovens agricultoras e agricultores familiares, camponeses e de povos e comunidades tradicionais.

Dentre as propostas aprovadas na conferência destaca-se o eixo meio ambiente, no qual o Território Zona sul conseguiu elencar como ação prioritária o ''combate ao uso e abuso dos agrotóxicos, fortalecendo a sustentabilidade através da agroecologia por meio de programas sociais para agricultura familiar e para a juventude rural com ênfase na compensação econômica em contrapartida à preservação ambiental, assistência técnica, acesso ao crédito e reforma agrária".

Outras propostas de destaque aprovadas foram a elaboração do Plano Nacional de Juventude e Sucessão Rural e a garantia de financiamento público para manutenção e ampliação das Escolas Família Agrícola. "Sem dúvida, a juventude da zona sul do RS mostrou importante protagonismo", disse Germano Pollnow.

Nomes como Leonardo Boff e Pepe Mujica foram palestrantes e endossaram a mobilização da juventude do Brasil pela soberania da democracia demonstrada na conferência.

Texto: Elias Wojahn