CENTRO DE APOIO E PROMOÇÃO DA AGROECOLOGIA

Notícias

​Jornalistas alemãs conhecem trabalho da agricultura ecológica em Santa Cruz do Sul

16-10-2016

Santa Cruz do Sul/RS - No dia 15 de outubro, integrantes do Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA)/Núcleo Santa Cruz do Sul (RS) receberam dez jornalistas alemãs, que vieram conhecer projetos e organizações vinculadas à Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). A visita fez parte de um programa para comunicadoras e comunicadores, organizado por Mission eine Welt, da Igreja Evangélica Luterana da Baviera, e foi acompanhada pelo coordenador para América Latina da entidade Hans Zeller, pelo secretário adjunto para Missão e Diaconia, da IECLB, Altemir Labes, e pelo assessor da Missão Global e Ecumênica da IECLB, Sílvio Schneider. 

Além de conhecer o trabalho do CAPA, as jornalistas estiveram na loja da Cooperativa Ecovale e no espaço da feira ecológica, que fica no centro da cidade. O grande interesse era saber qual a motivação de agricultoras e agricultores para produzirem de alimentos sem o uso de agrotóxicos, quais as condições de produção nesse sistema e quais as opções de mercado. Outros temas discutidos foram o consumo de agrotóxicos no Brasil – desde 2008 o país ocupa o primeiro lugar no ranking mundial do uso de venenos agrícolas – e a saúde de agricultoras e agricultores. 

Ao meio dia, as jornalistas participaram de almoço feito à base de alimentos ecológicos, produzidos por famílias agricultoras acompanhadas pelo CAPA e cooperadas e cooperados da Ecovale. Naquele momento, foi apresentado o vídeo da campanha Comida Boa na Mesa, iniciativa que propõe reflexão permanente sobre o acesso à alimentação saudável e reconhece o papel da agricultura familiar ecológica como estratégica para a produção de alimentos, entre outros.

A visita foi encerrada na localidade de Passo da Areia, em Rio Pardo (RS), na propriedade da família Silveira, onde o grupo pode ver de perto a produção ecológica, com ênfase em hortaliças, aipim e batata doce, comercializadas em feiras ecológicas da região.  

Conforme o coordenador Sighard Hermany, a visita representa o reconhecimento do trabalho desenvolvido pelo CAPA, por mais de três décadas, no apoio à produção e consumo de alimentos saudáveis, na organização cooperativa e na promoção da saúde e melhores condições de trabalho para as famílias agricultoras. 

Assessoria de Imprensa/CAPA Santa Cruz do Sul