CENTRO DE APOIO E PROMOÇÃO DA AGROECOLOGIA

Notícias

Capa/Ecovale promovem Jantar Ecológico em Santa Cruz do Sul (RS)

7-06-2012

O Centro de Apoio ao Pequeno Agricultor (CAPA) e a Cooperativa Regional de Agricultores Familiares Ecologistas (Ecovale) promovem no dia 7 de junho o tradicional Jantar Ecológico, em comemoração à Semana dos Alimentos Orgânicos e à Semana Nacional do Meio Ambiente. A quinta edição da festividade é promovida em parceria com a Legião Evangélica (Lelut) e Comunidade Evangélica Gustavo Adolfo. Conforme o coordenador do Capa, engenheiro agrônomo Sighard Hermany (na foto), produção limpa e preservação estão intimamente ligadas. “Nosso evento se consolida a cada ano”, comenta.

O jantar será feito exclusivamente com produtos orgânicos, provenientes dos associados do Capa no Vale do Rio Pardo. O cardápio inclui galinhada, aipim, saladas diversas e pão, além de suco, água e vinho. Serão disponibilizados em torno de 150 ingressos, que já podem ser copmprados de maneira antecipada ao valor de R$ 13,00 na loja da Ecovale, na Rua Thomaz Flores, número 805. Em 2013 o Capa completa 35 anos de história e, desde sua fundação, sempre defendeu as diretrizes da agricultura alternativa.

Atualmente, 54 associados produzem alimentos sem intervenção química nos municípios de Santa Cruz, Vale do Sol, Candelária e Venâncio Aires. Além das mercadorias da agroindústria familiar ecológica, os consumidores também têm à disposição frutas e hortaliças frescas na feira agroecológica, criada há aproximadamente 15 anos. Nas terças e sextas-feiras, das 14 horas às 18h30, os feirantes disponibilizam seus produtos livres de químicos nas bancas montadas aos fundos da loja da Ecovale. “O crescimento da procura é lento, mas gradativamente as pessoas se conscientizam sobre a importância desse tipo de alimento.”

O agricultor Laércio André Frantz, 27 anos, produz verduras orgânicas há mais de oito anos. No núcleo familiar em General Osório, interior de Santa Cruz, o trabalho no segmento tem o suporte dos pais Ornélio e Renilda. Duas vezes por semana, as folhosas são vendidas na feira do Capa/Ecovale. “Produzimos 70 caixas por semana, em média.” O controle de pragas é feito exclusivamente com produtos nativos, como cinzas, óleo de neem e fertilizante natural enriquecido. Já a adubação é garantida com o esterco animal da própria propriedade.

Saiba mais

Durante toda a semana, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com os ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Meio Ambiente (MMA), realiza atividades referentes à Semana dos Alimentos Orgânicos, criada em 2005 para incentivar o consumo desse tipo de produto entre a população brasileira. O censo agropecuário do IBGE identificou 90 mil produtores agroecológicos em 2006. Em todo o País, há mais de 11 mil unidades de produção orgânica certificadas pelo Mapa. Durante este mês, está previsto o lançamento do Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica.

Parceria com a Mercur

Uma das novidades comemoradas pelo CAPA/Ecovale durante a Semana dos Alimentos Orgânicos é a parceria com a Mercur, que começou a oferecer alimentos dos agricultores agroecológicos aos colaboradores. Os produtos são preparados pela empresa Ao Ponto e disponibilizados durante o almoço. A proposta ainda está na fase inicial de estudos e procura conhecer a percepção dos colaboradores quanto a sua introdução permanente no cardápio. A iniciativa vai ao encontro da visão da Mercur, que busca atuar com foco em pessoas e na valorização da vida. Além disso, a organização tem um direcionamento estratégico de ocupação e renda. Através da parceria, a ideia é possibilitar o desenvolvimento do entorno, auxiliando as famílias que plantam orgânicos e incentivando a cultura na região.

Texto: Michelle Treichel, Gazeta do Sul

Foto: Lula Helfer